Edição 1 - Dezembro

Ver mais notícias

Nova estrutura da Braskem reforça iniciativas para vencer desafios da reciclagem de plásticos

A evolução da qualidade das resinas pós-consumo (PCR) é um fator determinante para diversificar e ampliar as aplicações produzidas com este tipo de resina.

Pensando nisso, a Braskem investiu na instalação de uma Ilha de Reciclagem em seu Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), localizado em Triunfo (RS), no Brasil.

A estrutura ficará dedicada a partir de julho de 2021 para testar o desempenho das resinas recicladas produzidas pela Braskem e aprimorar o desenvolvimento de produtos com melhor impacto que atendam às necessidades dos clientes e brand owners.

"A Ilha de Reciclagem vai nos trazer ainda mais recursos para identificar os desafios técnicos do processo de reaproveitamento de matéria-prima", explica Fábio Fell, coordenador do Laboratório de Aplicação do CTI e responsável pela Ilha de Reciclagem.

Os estudos a serem realizados na nova instalação vão somar dados e conhecimento para orientar o design de produtos que facilitem a reciclagem do plástico. "A estrutura atenderá todas as regiões em que a Braskem atua, reforçando o apoio e suporte aos nossos clientes", completa Fábio.

Reciclagem: peça fundamental para avançar na Economia Circular

A Braskem conta atualmente com diversas iniciativas em andamento com o objetivo de superar desafios do reaproveitamento do plástico pós-consumo e promover avanços na transição para a economia circular de carbono neutro.

"A reciclagem é um elemento-chave no ciclo da economia circular, por isso investimos em pesquisas, desenvolvimento de produtos, parcerias e, agora, na Ilha de Reciclagem em nosso Centro de Tecnologia e Inovação", destaca Fabiana Quiroga, diretora de Economia Circular da Braskem na América do Sul.