Edição 1 - Dezembro

Ver mais notícias

Veja os avanços da construção da primeira unidade de reciclagem mecânica da Braskem

Quase um ano depois de iniciar o projeto de construção de sua primeira planta industrial voltada à reciclagem mecânica de plástico, a iniciativa da Braskem, em parceria com a Valoren, está prestes a se tornar realidade.

A inauguração da planta está prevista para ocorrer entre o final de 2021 e início de 2022, em Indaiatuba, interior de São Paulo (SP). A nova unidade utilizará tecnologia de ponta para produzir resina reciclada pós-consumo (PCR) de alta qualidade, ampliando as possibilidades de aplicações, um dos grandes desafios da economia circular do plástico.

Recentemente, Edison Terra, vice-presidente de Olefinas & Poliolefinas da Braskem na América do Sul, e Fabiana Quiroga, diretora de Economia Circular da Braskem na América do Sul, estiveram na unidade em construção junto com a equipe responsável pelo projeto.

"Esse é um marco importante para a Braskem e para a cadeia de reciclagem e do plástico no Brasil", destaca Terra.

Assista ao vídeo da visita à unidade:

Por dentro da nova unidade:

  • R$ 67 milhões
    de investimento.
  • Transformação de 250 milhões
    de embalagens em 14 mil toneladas de PCR/ano.
  • Tenologia
    alemã de ponta.
  • Otimização de uso de água e energia
    Melhores práticas de sustentabilidade, com controle de pellets.