Noticias Braskem

Notícias

Com foco em iniciativas digitais, Braskem lança o Digital Challenge

Ação global, que teve 117 ideias inscritas e a participação voluntária de 215 colaboradores, faz parte do guarda-chuva de ações de transformação digital da companhia

De 117 ideias enviadas por colaboradores em todo o mundo a dez novos modelos de negócio em quatro semanas. Sendo que cinco se tornarão startups internas, com potencial para virarem negócios independentes no futuro. Este foi o resultado do Digital Challenge, um programa de inovação aberta e intraempreendedorismo lançado pela Braskem para seus oito mil colaboradores que buscou soluções aos desafios da empresa e da indústria química e petroquímica, por meio do compartilhamento de ideias oriundas de todas as regiões onde a empresa atua. 

A iniciativa está em linha com a jornada de transformação digital da Braskem, iniciada há três anos com a integração de seu roadmap de estratégias digitais globalmente. A companhia tem aplicado tecnologias de ponta - como machine learning, advanced analytics e sensores - e metodologias inovadoras de trabalho - como metodologias ágeis, ferramentas de design e Gestão de Mudança - em diferentes partes de sua cadeia de valor. Estas novas estratégias têm revolucionando a forma como a companhia otimiza seus processos operacionais com foco em eficiência energética, realiza a manutenção de seus ativos e controla a qualidade de seus produtos de forma preditiva, o que garante à Braskem posição de vanguarda na indústria 4.0. 

Além de investir em inovação em seu core business, a Braskem também está diversificando seu portfólio de investimentos, criando novos modelos de negócio e incubando startups internas, desenvolvidas pela própria companhia. Essas iniciativas, chamadas ventures digitais, estão atreladas aos compromissos da empresa com o desenvolvimento sustentável, que enxerga na inovação a adaptabilidade e o caminho central na busca por um futuro mais sustentável. Além disso, esses negócios internos possuem como missão solucionar algumas das dores mais urgentes que impactam a empresa e a indústria em geral.

"Em 2018, iniciamos o processo de transformação digital e hoje ele se apresenta como uma de nossas prioridades. Ao incorporarmos tecnologias em áreas estratégicas, como operação e manutenção das nossas plantas industriais, controle de qualidade, assistência técnica e logística, geramos valor para a companhia, nossos colaboradores e clientes, reforçando nossa posição global como referência na indústria em que atuamos. O intuito é aumentar nosso protagonismo em inovação e na utilização de novas metodologias de trabalho e de tecnologia de ponta, alavancando nossa competitividade, e gerando impacto e resultados sustentáveis nos próximos anos com metas ambiciosas", afirma Roberto Simões, CEO da Braskem. 

O Digital Challenge foi criado para alimentar o programa de incubação de ventures digitais da Braskem. Ele foi proposto como um convite aberto para todos os colaboradores presentes nas regiões onde a Braskem opera (Brasil, México, Estados Unidos, Europa e Ásia) para identificar os desafios e encontrar possibilidades por meio de novas soluções, potenciais clientes e diferenciais em relação ao mercado. Ao todo, o programa contemplou 117 ideias, com um total de 215 profissionais envolvidos, onde foram avaliados os critérios de criação de valor (o tamanho do mercado potencial para a solução proposta e a relevância do desafio a ser resolvido) e maior alinhamento com as prioridades da empresa (aderência com os objetivos e os temas estratégicos da Braskem e a oportunidade de alavancagem da solução por parte da companhia).

As dez ideias com maior potencial para se tornarem um novo negócio foram selecionadas para receber mentorias e capacitações teóricas com o Centro Digital e a Innoscience, consultoria corporativa de inovação e parceira da Braskem nesse projeto. Ao longo de quatro semanas, os colaboradores responsáveis por essas ideias desenvolveram um business case que foi apresentado para a liderança da companhia em formato de pitch, buscando recursos para desenvolver a solução. Na sequência, as cinco ideias melhor avaliadas foram aprovadas e, no futuro, se tornarão startups internas. Entre os temas dos projetos, o de maior adesão foi sustentabilidade, com 70% das propostas vinculadas.

A expectativa é criar novas fontes de receita, transformar fricções ou riscos de mercado em oportunidades, fortalecer a companhia e aumentar sua competitividade. Além disso, a iniciativa visou resolver problemas do setor, criando soluções para desafios internos, os quais ainda não há uma solução adequada no mercado, e empoderar os colaboradores para explorar novas competências e formas de trabalho.

Para Ana Paula Lobo, coautora de uma das dez ideias selecionadas e parte da equipe de Inovação & Tecnologia, a oportunidade foi uma experiência transformadora em todos os momentos, desde a seleção da ideia até a apresentação com a alta liderança da companhia. "Viver essa jornada mudou demais a minha visão de como empresariar uma ideia, além de permitir o meu desenvolvimento em habilidades essenciais para quem quer empreender, como acreditar no potencial da ideia, exercer empatia para entender as dores do público-alvo, ter resiliência para ajustar o projeto original, lidar com as frustrações e ser assertiva na comunicação. Foi uma experiência única e motivadora em minha carreira!", completa Lobo. 

Além de ratificar o compromisso com a inovação digital, o Digital Challenge possibilitou o crescimento profissional e pessoal dos participantes, ampliando sua visão de negócios, fornecendo uma experiência on the job em novas formas de trabalho e reforçando a cultura da companhia, em prol da criatividade, da inovação, do empreendedorismo e da liderança, de forma democrática e inclusiva. 

Para esclarecimentos adicionais à imprensa, favor contatar:
CDN Comunicação 

braskem@cdn.com.br    

(11) 3643-2906

(11) 3643-2919

 

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter