Notícias

Braskem inaugura planta de PVC com maior investimento de sua história

Nova fábrica, de R$ 1 bilhão, atenderá a clientes em setores estratégicos para o desenvolvimento do país, como habitação, saneamento e infraestrutura
 
A Braskem, maior petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, inaugura hoje em Marechal Deodoro, Alagoas, sua nova fábrica de PVC, com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do governador Teotonio Vilela Filho. O investimento, de R$ 1 bilhão, é o maior já feito em um único projeto desde a fundação da empresa, há dez anos. Com capacidade produtiva de 200 mil toneladas anuais de PVC, a planta consolida a liderança do Brasil na produção dessa resina no contexto latino-americano.

A nova unidade eleva Alagoas à condição de maior estado produtor de PVC no país e reforça o compromisso da Braskem com os seus clientes e com o desenvolvimento da cadeia química e dos plásticos no estado. A planta se soma às cerca de 60 empresas já instaladas no polo, que geram aproximadamente 10 mil empregos diretos e indiretos.

A resina de PVC é matéria-prima utilizada principalmente em obras de saneamento e infraestrutura. São tubos, conexões, portas, janelas, esquadrias e telhas, entre outros produtos. A resina também está presente em brinquedos, calçados, móveis, produtos médicos, na indústria automobilística e na alimentícia.

"A inauguração dessa unidade é fundamental para atender a demanda dos nossos clientes em todo o Brasil, que atuam em segmentos estratégicos, como os de habitação, saneamento e infraestrutura. Com a nova fábrica, reafirmamos o nosso compromisso com o desenvolvimento de Alagoas e do Brasil", afirma Carlos Fadigas, presidente da Braskem.

A obra teve duração de dois anos e nela foram utilizados aproximadamente 30 mil metros cúbicos de concreto, 3 mil toneladas de tubulação e cerca de 800 quilômetros de cabos. Durante a fase mais intensa, cerca de 3.500 pessoas trabalharam na obra, sendo a maioria alagoana e moradora do município de Marechal Deodoro.

Para fazer frente ao desafio de capacitar pessoas para trabalhar na construção da nova unidade, foi implantado o Programa Acreditar, da Construtora Odebrecht, responsável pela obra. No programa foram oferecidos 11 cursos nas áreas de Civil e Montagem Eletromecânica, como armador de ferragens, caldeireiro, carpintaria de forma, eletricista força e controle, eletricista montador, encanador industrial, mecânico ajustador e mecânico montador. Cerca de 1.200 pessoas foram inscritas, mais de 700 capacitadas e aproximadamente 400 contratadas para a obra.

 "Além de um mercado doméstico cada vez mais forte e dinâmico, o Brasil é um país rico em recursos naturais como o petróleo, o gás natural e a biomassa. O objetivo da Braskem é investir para que esses recursos sejam industrializados no Brasil, para o atendimento do nosso mercado interno", afirma Fadigas.

 

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:
CDN Comunicação 
Ana Beatriz Paschoal (55 11) 3643-2737 - anabeatriz.paschoal@cdn.com.br
Rafael Abrantes - (55 11) 3643-2772 - rafael.abrantes@cdn.com.br
Priscila Ventura - (55 11) 3643-2744 - priscila.ventura@cdn.com.br  

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter