Notícias

As principais dificuldades ao empreender

Ao criar um negócio, todo empreendedor busca se diferenciar no mercado, ter um produto ou serviço único e ser bem-sucedido. Antes, porém, quem começa um novo negócio encara algumas, ou muitas, dificuldades dentro e fora da empresa. Mentores do Braskem Labs, programa de aceleração de empreendedores da Braskem, apontam os obstáculos e as falhas mais comuns e as melhores dicas para superá-las, para fazer a empresa dar os primeiros passos.   

1 - O problema do cliente
Muitas startups falham por falta de clareza sobre qual é o problema do cliente e se ele, de fato, precisa daquela solução ou produto. Portanto o primeiro passo é ter a percepção do mercado - é mais fácil quando já se tem conhecimento do setor -, por meio de entrevistas com potenciais parceiros, identificação de padrões e, por fim, diagnóstico das dores reais que precisam ser solucionadas para o cliente.

2 - O perfil do cliente
Quando o empreendedor é questionado sobre quem é seu cliente, é bastante comum que responda com dados demográficos ou perfis genéricos. Mas saber apenas se são homens ou mulheres, a faixa de idade e a profissão é pouco. Para desenvolver soluções certas e responder às necessidades do mercado, o ideal é criar uma "persona", algo como um estereótipo do cliente. Pode-se criar um personagem do qual se conhece todas as características - a idade exata, a faculdade em que se formou, onde trabalha e há quanto tempo, como se relaciona com o chefe, como trata os subordinados e até o que gosta de fazer nas horas vagas. Com esse perfil em mente, fica muito mais fácil desenhar estratégias de comunicação e de vendas, por exemplo. 

3 - Validação do produto
Um trabalho constante para qualquer novo negócio é a validação de produtos e serviços. Muita gente se encanta tanto com a própria ideia que resolve colocá-la no mercado sem ter certeza de que funcionará. O trabalho de validação - que vai desde criação de pequenos testes para ver como eles funcionam na prática até entrevistas com clientes reais e potenciais - é o melhor caminho para não investir muita energia em propostas que não trarão o resultado imaginado.

4 - Definição de métricas
Um dos grandes problemas de empreendedores é a falta de conhecimento das métricas que impactam o negócio. Muitos se encantam com as chamadas "métricas de vaidade", likes no Facebook e acessos no site, por exemplo, e se esquecem de mensurações que fazem a diferença no negócio, como a conversão de visitantes em clientes e as taxas de cancelamento. Conhecer bem as métricas que devem ficar no radar, e ter elas sempre à mão, é uma lição fundamental.

5 - Equipe e liderança
Para que um novo negócio se desenvolva é muito importante que conte com uma boa equipe. Ninguém constrói uma grande empresa sozinho. Um erro que muitos empreendedores cometem é terceirizar competências e operações fundamentais do negócio. Esse é um erro estratégico que pode afetar os resultados rapidamente. Além de um time competente, é preciso que os papeis de cada colaborador sejam claros. É comum, por exemplo, que ninguém assuma a posição de líder com medo de ofender os sócios, mas ter alguém no comando é essencial para tomar as decisões que vão determinar os rumos da empresa.

Fonte: Braskem e ACE

Sobre o Braskem Labs 2017
Criado pela Braskem e com parceria da ACE, o Braskem Labs é um programa de aceleração de empresas que tenham soluções voltadas à sustentabilidade e à inovação. Neste ano, foram selecionados 10 projetos de química, plástico ou combate ao Aedes aegypti, que por quatro meses vão receber capacitação focada no desenvolvimento de seus negócios. 

Sobre a Braskem
Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e faturamento de R$ 55 bilhões em 2016. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

Sobre a ACE
A ACE foi considerada a Melhor Aceleradora de Startups da América Latina pelo Latam Founders e atua como um ecossistema completo de inovação para empreendedores, investidores e grandes companhias. Oferece um programa de aceleração com investimento, mentorias, networking e metodologia estruturada especialmente para cada etapa da jornada do empreendedor. Fundada como Aceleratech em 2012, no Brasil, a ACE já acelerou mais de 100 startups em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Goiânia, e apresenta a marca recorde de oito exits (vendas de startups).

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:
CDN Comunicação 
Ana Beatriz Paschoal (55 11) 3643-2737 - anabeatriz.paschoal@cdn.com.br
Rafael Abrantes - (55 11) 3643-2772 - rafael.abrantes@cdn.com.br
Priscila Ventura - (55 11) 3643-2744 - priscila.ventura@cdn.com.br  

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter