Alagoas

0800 006 3029 De segunda a sexta, das 9h às 18h (exceto feriados).
Ligações gratuitas, inclusive de celulares.

Áreas desocupadas têm programa de apoio comunitário para fiscalização nos bairros a partir desta sexta-feira (3)

  • Equipe comunitária vai observar e relatar irregularidades como ocupação indevida, vandalismo, arrombamentos e controle de pragas.
  • As rondas serão realizadas todos os dias, inclusive nos fins de semana.

 
Maceió, 3 de abril de 2020 - Com o avanço do Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação e a desocupação definitiva das áreas de risco mapeadas pelas autoridades, a Braskem vai implementar, a partir de 03 de abril, ações voltadas para a fiscalização de irregularidades como vandalismo, arrombamentos, controle de pragas e ocupação indevida nos bairros do Mutange, Bebedouro, Bom Parto e Gruta do Padre. São ações adicionais às medidas que já vêm sendo adotadas pelos órgãos responsáveis pela segurança pública.

A proposta, já apresentada para a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas, foi construída em conjunto com a área de Segurança Corporativa da Braskem e líderes comunitários dos bairros, que sugeriram que a fiscalização fosse feita por pessoas conhecidas no local e que já conhecem a vizinhança. São duas equipes de 26 pessoas, num total de 52 contratados formalmente por uma empresa especializada em segurança patrimonial, que já estão realizando a capacitação para o trabalho em uma série de treinamentos sobre a dinâmica de atuação, que é bem específica e tem regras claras, além de aspectos conceituais, comportamentais, de saúde e segurança pessoal.

A equipe vai atuar como apoio de comunicação e alerta. Ao identificar algum problema ou situação anormal nas rondas diárias, o apoio comunitário deverá relatar o ocorrido ao seu encarregado de área, utilizando o rádio ou celular. Ao receber o relato, o encarregado fará o registro para os devidos encaminhamentos com a Braskem, quando se tratar de ações de reparação ou controle de pragas nos imóveis desocupados. As equipes vão relatar, por exemplo, casos de arrombamento de imóvel, destruição dos tamponamentos, ocupação ilegal, lixo acumulado e pragas urbanas. Em situações extremas, quando necessário, haverá comunicação às autoridades policiais e abertura de boletim de ocorrência.

A equipe de fiscalização comunitária fará as rondas todos os dias, inclusive nos fins de semana. O equipamento inclui rádio e celular, além de fardamento com colete, boné e bota, com a identificação "Apoio Comunitário". Os encarregados vão atuar para garantir que todos usem os equipamentos e fardamento, respeitem os horários de descanso, de alimentação e reposição de água. Também serão tomadas todas as medidas de preservação da saúde frente às restrições do Ministério da Saúde sobre a COVID -19, como o distanciamento interpessoal de pelo menos 3 metros, orientação de não tocar em nada durante a ronda, não tocar no rosto, lavar constantemente as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel e ter todos os cuidados de higienização ao chegar em casa.

 

Contatos para a imprensa:

Algo Mais Consultoria e Assessoria

(55 82) 3177.4955

Álvaro Müller

alvaro@algomaisconsultoria.com

Clarissa Veiga

clarissa@algomaisconsultoria.com

 

 

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter