Alagoas

0800 006 3029 De segunda a sexta, das 9h às 18h (exceto feriados).
Ligações gratuitas, inclusive de celulares.

Braskem já tem projeto de drenagem superficial para o bairro do Pinheiro

A Braskem já elaborou o projeto de drenagem superficial que será implementado no bairro do Pinheiro, em Maceió. A medida foi proposta pela empresa e está prevista no plano de trabalho do Acordo de Cooperação Técnica assinado com órgãos públicos. O objetivo é desafogar o sistema de drenagem já existente e amenizar o impacto dos picos de chuva em edificações, ruas e avenidas do bairro. O Pinheiro vem registrando rachaduras desde março do ano passado, quando a capital registrou um tremor de terra de 2,5 pontos na escala Richter. 
 
Estudos apontam que o sistema de drenagem existente no bairro tem capacidade de absorver aproximadamente 25% das águas das chuvas. Com a implementação do sistema superficial, paralelo ao já existente, a expectativa é de que essa capacidade chegue, no mínimo, a 50%. "Existe uma bacia, uma região mais baixa no meio do Pinheiro. Quando chove, toda a água vai para esta região e o sistema de drenagem não dá a vazão necessária", declara o corpo técnico da Braskem.
 
A medida faz parte do pacote de ações mitigadoras de curto prazo apresentadas pela Braskem em parceria com os órgãos públicos que tem o objetivo de contribuir com soluções para o Bairro. Como parte de sua conduta empresarial responsável, a Braskem elaborou um plano de recomendações técnicas e incorporou a sugestão ao Acordo de Cooperação Técnica assinado com os órgãos públicos. 
 
Como funciona
Para diminuir a sobrecarga no sistema já existente, a Braskem propôs criar um sistema paralelo, com manilhas robustas, de 70 centímetros de espessura, e instaladas a cerca de 50 centímetros de profundidade. A proximidade da superfície e os métodos não destrutivos de instalação permitem que as obras sejam realizadas mais rapidamente. As manilhas direcionarão a água para estações elevatórias ou lagoas de acumulação, que funcionam como uma espécie de reservatórios acumuladores de água. Em caso de chuva intensa, essas estações ou lagoas reservam a água por um tempo maior e depois liberam gradativamente no sistema de drenagem já existente.

 

Contatos para a imprensa:

Algo Mais Consultoria e Assessoria

(55 82) 3177.4955

Álvaro Müller

alvaro@algomaisconsultoria.com

Clarissa Veiga

clarissa@algomaisconsultoria.com

 

 

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter